Rotatória de acesso ao Aquarius na Via Oeste teve início e será entregue até março de 2019, garante secretário

O novo acesso foi adiantado pela prefeitura para minimizar os impactos que a obra da ponte estaiada causará no trânsito

Foto: projeto Life

Ao contrário do que estava programado, a obra, que será realizada pela Urbam, foi adiantada e terá um tempo de conclusão menor do que o estipulado anteriormente; de oito, passou para quatro meses.

Segundo o secretário de mobilidade urbana Paulo Guimarães, até março de 2019 a obra ficará pronta. Este adiantamento, segundo ele, seria intencional para minimizar os impactos da obra da ponte estaiada.

O diretor de engenharia Marco Brunelli, explica que a obra é fácil, mas depende muito da boa qualidade no tempo para realizar a terraplanagem, etapa fundamental para a construção. Um atraso por conta na obra por conta das chuvas não é descartado. Segundo ele, a demarcação da área do novo acesso já foi feita pela prefeitura.

A rota será criada com a construção de uma rotatória na Via Oeste. Com a adequação viária, o motorista que trafega no sentido do Jardim Indústrias terá a opção de convergir à esquerda e chegar ao bairro pela rua João Batista Ortiz Monteiro.

O custo total da obra será de R$5 milhões – valor financiado pela Caixa Econômica Federal.

LIFE | cotidiano - Publicado 09:32 | -

Compartilhe a Life Informa:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube: Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

3 thoughts on “Rotatória de acesso ao Aquarius na Via Oeste teve início e será entregue até março de 2019, garante secretário

  1. Daniele MeylanDa12 disse:

    Maravilha!!!
    Sempre é tempo de corrigir as falhas do planejamento.

  2. Cidadão Joseense disse:

    Enquanto isso, no Japão, estradas destruidas por terremoto são recuperadas em um mês e cruzamento de avenidas que sofreu afundamento é recomposto em um unico fim de semana.
    Faça-me um favor! Quatro meses para uma obra destas!!!??? Haja ineficiência!

    • Outro Cidadão Joséense disse:

      aqui é Brasil cara, para de reclamar

Deixe um comentário para Outro Cidadão Joséense Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.