RM Vale supera Campinas e Ribeirão Preto e lidera com folga ranking de homicídios no interior de SP


Região de SJC registrou 232 assassinatos

A região de São José dos Campos, apesar da queda no número de assassinatos, segue como líder no ranking da violência do interior – conforme dados da Secretaria de Segurança Pública. Entre janeiro e julho, o Vale do Paraíba teve 232 assassinatos – soma das 220 mortes em homicídios e 12 em latrocínios. Apenas em julho, 24 pessoas foram mortas na região. No mesmo mês em 2014, foram 35 (em 2015, na comparação pelo mês, houve uma queda de 31,4%, no número).

Mesmo com essa redução no comparativo com 2014, o Vale do Paraíba foi a região mais violenta do interior em julho, depois de ter ‘perdido’ o posto no mês de junho. Abaixo da RMVale ficaram as regiões de Sorocaba e Piracicaba (20 casos cada).
Em 2015, contando os números de janeiro a julho, a liderança do Vale no ranking de violência é folgada, apesar do índice ser 4,52% inferior ao de 2014 — foram 243 mortes nos sete primeiros meses do ano passado.

Em 2015, até aqui, a RMVale é a única região do interior a ultrapassar a marca de mais de 200 assassinatos. A região de Ribeirão Preto é a segunda neste ranking, com 175 casos, seguida por Campinas com 174. Nos crimes contra o patrimônio, nos primeiros sete meses do ano, o índice de roubo em geral no Vale se manteve no mesmo patamar (foram 6.053 casos em 2015 e 6.057 em 2014). Houve queda de 32,3% no número de roubo de veículos (de 1.696 para 1.147) e alta de 1,49% no furto de veículo (de 2.279 para 2.313).


LIFE | cotidiano - Publicado 11:48 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *