PIB industrial da RMVale tem queda na participação estadual


Com investimentos de montadoras, Sorocaba ganha espaço e ameaça 3º lugar do Vale do Paraíba

Má notícia para a economia da região. Estudo da Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados) mostra que o Vale do Paraíba e Litoral Norte perderam espaço na industrialização paulista na última década (2000-2010). Segundo a pesquisa, o eixo Campinas-Sorocaba foi o que mais se fortaleceu e atraiu investimentos e empresas no período.
Os principais fatores apontados pela pesquisa são o fortalecimento dos complexos industriais da cana-de-açúcar e o chamado “corredor asiático”, com a instalação de montadoras como Toyota, Hyundai e Honda. O parâmetro do estudo toma como base o VAF (Valor Agregado Fiscal), que corresponde à diferença entre o valor das saídas de mercadorias e dos serviços de transporte e de comunicação prestados no território e o valor de entrada dos mesmos parâmetros em cada ano.
No período avaliado, o Valor Agregado da Indústria no Estado saltou de R$ 113 bilhões para R$ 301 bilhões. A participação da RMVale no VAF caiu de 13,7% para 9,1%, enquanto que o polo industrial Campinas-Sorocaba cresceu de 28,3% para 33,5%.
Na RMVale, os setores produtivos que registraram maior retração foram os de material de transportes (montadoras de carros), combustíveis, papel e celulose, produtos químicos e farmacêuticos. As demissões ocorridas na General Motors e na Johnson Controls derrubaram o nível de emprego industrial na microrregião de São José. Pesquisa divulgada pelo Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) mostra que o setor industrial na microrregião teve perda de aproximadamente 1.000 postos de trabalho. No acumulado do ano, o resultado também é negativo, com o fechamento de 1.250 vagas na indústria.
Mas, apesar dos índices insatisfatórios, a região manteve os investimentos, já que os números mostram que a RMVale é a terceira região administrativa do Estado na participação de investimentos recebidos na última década, com 22,6% do total captado pelo estado . Em primeiro está o eixo Campinas-Sorocaba, com 29,5%. A Região Metropolitana de São Paulo teve 24,7% do bolo de investimentos.


LIFE | economia - Publicado 06:46 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *