Pesquisa aponta 22 mil infectadas de Covid-19 em São José

A segunda pesquisa de campo encomendada pela prefeitura para mapear o grau de contaminação da população de São José dos Campos pela covid-19, realizada na quarta (13) e quinta-feira (14), apontou que 3,1% dos entrevistados tiveram contato com o vírus. É o mesmo resultado da primeira testagem, realizada no mês passado.

Foto PMSJC

A exemplo da primeira pesquisa, foram aplicados 450 testes rápidos para traçar um mapa estatístico da cidade. O trabalho foi feito pelo instituto Indsat, especializado em indicadores de serviços públicos em todo o país. A margem de erro é de 4% para mais ou para menos e confiabilidade de 95%.

São José dos Campos traçaram na última semana mapas estatísticos a fim de analisar onde há o maior número de contaminados na cidade pela Covid-19. O trabalho foi realizado por meio de testes aplicados junto a pesquisas de monitoramento da doença.

Por meio da coleta de uma gota de sangue, o teste rápido é capaz de detectar a presença de anticorpos, que são produzidos pelas células de defesa do corpo humano após o contato com o vírus. O resultado fica disponível no intervalo de 15 a 30 minutos após a realização.

Dos 450 testes aplicados, 14 pessoas apresentaram resultado positivo. Considerando 720 mil habitantes, o índice de 3% permite afirmar que São José dos Campos tem cerca de 22 mil pessoas contaminadas pelo novo coronavírus.

Das pessoas entrevistadas, 53% são do sexo feminino e 47% do masculino. A região com maior incidência de casos positivos foi a sul (50%), seguida da leste (36%), sudeste e centro (ambas com 7%).

Durante as visitas, os entrevistadores também aplicaram um questionário com perguntas gerais sobre a pandemia.

Dos 450 entrevistados acima de 16 anos, 61,78% declararam morar com alguém do grupo de risco; 95,33% disseram não haver casos suspeitos na residência e 98,8% responderam que não há ou não houve casos confirmados na casa.

Os pesquisadores abordaram também questões relacionadas ao emprego e renda. A maioria (47,3%) disse que não houve diminuição de renda durante a pandemia; 42% responderam que sim; 10,4% declararam ter perdido o emprego e 0,2% não soube responder.

Sobre o enfrentamento da covid-19 em São José dos Campos, 46,2% afirmaram que a doença é grave; 31,3% pouco grave; 17,3% muito grave; 4,2% nada grave e 0,8 não soube responder.

A prefeitura pretende fazer novos testes para monitorar a pandemia e definir mais ações do município com planejamento.

LIFE | cotidiano - Publicado 21:46 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Baixe nosso aplicativo para facilitar ainda mais o seu acesso.

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

12 thoughts on “Pesquisa aponta 22 mil infectadas de Covid-19 em São José

  1. Emerson disse:

    Beira a irresponsabilidade publicar uma matéria onde o título diz “Pesquisa afirma…” afirma baseada em suposição? Se tivesse ocorrido uma testagem em massa e com base nos resultados poderia se afirmar algo. Se o portal quer credibilidade aja com credibilidade… Tudo que não precisamos é de matérias sensacionalista nesse quadro atual.

    • Georges disse:

      As pesquisas científicas se baseiam em leis estatísticas e regras rígidas quando feitas por quem sabe e age com os rigores necessários. Mas concordo contigo. Pesquisas AVALIAM QUE seria mais coerente.Embora já observaram que a zona oeste sumiu do mapa aqui em SJC….rs

  2. Regiane disse:

    E os dados referentes a região oeste da cidade?

    • Georges disse:

      Então…matérias relatando que Aquarius e Urbanova são os locais top. Aí vem uma pesquisa e nem menciona a zona oeste.

  3. Antonio r s disse:

    Preocupante é ver aglomerações nos mercados, famílias com 3…5 membros passeando no mercado… sou só eu ou mais alguém da área tem a impressão que a cada feriado que passa o número de infectados aumenta exponencialmente!? Semana Santa foi de filas a semana toda no mercado… passou -se o feriado os casos aumentaram… dia das mães mesma coisa… má gestão no controle de pessoas indo e vindo dentro da loja, acabam as senhas e mesmo assim as pessoas continuam a entrar… limitação por m² !? Sonha, se tem movimento e falta de bom senso segue o jogo, libera geral… lamentável… lamentável e triste saber que a alienação é tamanha que é bem capaz de indivíduos mesmo vendo corpos pelo caminho e hospitais sem leitos e ainda dizer que: ” isso é apenas uma gripezinha” “que tudo não passa de politicagem tentando derrubar nosso excelentíssimo presidente”… acorda meu povo antes que seja tarde…

    • Georges disse:

      Fora os atletas de academia desfilando uniforme bonitinho (muitos com a máscara na garganta!!!) e os eternos passeios onde o cão leva o dono até quase morrer desidratado.A praça Ulysses Guimarães, dá gosto de ver tanta gente passeando, praticando exercício, tomando sol e brincando com seus cães e crianças. Parece um feriado sem fim. E nos mercados? Um trombando no outro, fila com um quase engatado no outro. Acham por certo, que essas máscaras faz de conta são a salvação da lavoura e relaxam nos cuidados.

  4. María da Conceição Rodrigues da Silva disse:

    Participei da pesquisa e acho que como participante deveria ter um retorno do resultado do teste a que fui submetida, já que nos dados coletados é fornecido telefone e email dos participantes.
    O formulário usado na pesquisa tem um forte cunho político e deixa claro a preocupação do prefeito com sua queda de braço com o governador para reabertura do comércio, apesar do número crescente de infectados, óbitos e a falta de testagem em larga escala. E segue as aglomerações e lojas de serviços não essenciais abertas sem nenhuma fiscalização. Lamentável…

  5. Bruno disse:

    Life é bolsonarista? Só bolsonaristas acreditam que a Terra é plana, que ciência não funciona, e que suposições podem ser consideradas “pesquisas”! Jesus, onde vamos parar? Que país é esse?

  6. Cidadão Joseense disse:

    Teste

  7. Joseense de coração! disse:

    O mais interessante é que o MP barrou a abertura do comércio, a não ser as atividades pré estabelecidas, mas aqui em SJC parece que nem o Governador e nem o MP tem suas decisões obedecidas. A impressão que dá é que o órgão fiscalizador não existe, terra de ninguém. Não importa se os casos irão aumentar ou não, cada um resolvendo o seu problema, tudo ok! Não se zela pelo bem geral de todos. Será que a nossa infra-estrutura de saúde teve tamanha melhoria a ponto de não preocupar nossos governantes? Não é o que normalmente se vê nas UPAS, UBS’S e Pronto Socorro. Quiça todos saiam ilesos e não seja preciso ver ou passar por situações que nunca imaginamos em nossas vidas. Deixar que o povo arque com as conseqüências, sem que tenham pleno conhecimento de tudo que está ocorrendo é bem comodo. Com frequência vemos casos de pessoas que subestimaram o COVID-19 e que hoje não estão entre nós para demonstrar arrependimento. Será que essa pequena amostragem retrata a situação real de nossos mais de 700mil habitantes? Será que abrange a contento todos os bairros que deveria? Até que ponto estamos sendo bem informados? Que cada qual utilize o bom senso e pratique o amor ao próximo, mesmo que esse não o faça. Se puder ficar em casa, se puder trabalhar em casa assim o faça! Pelo menos estaremos de consciência limpa e tranquila por ter feito tudo que estava ao nosso alcance.

  8. Lucas Andrade disse:

    Qual hospital em SJCampos esta sem leito meu caro.
    Faça uma visita aos mesmo, o que mais vejo dao enfermeiras e médicos fazendo videozinhos no TikTok de “Tanto trabalho que tem”. Uma fala bela sem conteúdo concreto não muda nada.

    • Bruno disse:

      Lucas Andrade, semi-analfabeto, não sabe e nunca saberá qual é a função de um médico ou de um enfermeiro! Trouxa! Ignorantão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *