Neymar desequilibra e Peixe vira em cima do Verdão no Pacaembu

No final do primeiro tempo, Correa abriu o placar e Neymar empatou em bela cobrança de falta. Endiabrado, o craque santista fez o gol da virada na etapa final.

O Palmeiras queria a vitória no clássico deste sábado contra o Santos para comemorar os 98 anos de existência e também os 400 jogos de Luiz Felipe Scolari, mas não contava com uma noite inspirada de Neymar. Com dois gols do atacante, o Peixe venceu o Verdão, por2 a1, de virada, no Estádio do Pacaembu, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

O resultado deixou o Verdão em uma situação ainda mais complicada, já que pode voltar para a zona de rebaixamento no complemento da rodada, pois tem os mesmos 16 pontos que o Bahia, 17º colocado, e que enfrenta o Atlético-GO, 18º colocado, com 15, neste domingo. Essa foi a segunda derrota seguida do alviverde.

Por outro lado, o Santos segue cada vez mais longe da zona de rebaixamento e com a segunda vitória seguida – havia vencido o clássico contra o Corinthians no último final de semana -, chegou aos 26 pontos e subiu para a nona colocação, se aproximando da zona de classificação para a Copa Libertadores.

Mais sobre o clássico
O duelo entre Palmeiras e Santos é conhecido como Clássico da Saudade pois reunia os dois melhores times da década de 60, quando o futebol brasileiro era conhecido pelas jogadas plásticas, sendo chamado de de futebol-arte. O Verdão tinha Ademir da Guia, Julinho Botelho, Djalma Santos e Divino, enquanto o Peixe tinha Pelé, Coutinho, Pepe, Zito entre outros.

Ao todo, os times se enfrentam em 298 partidas e o Palmeiras leva ampla vantagem, com 127 vitórias contra 93 do Santos, além de 78 empates. Nas últimas dez partidas, o Verdão venceu seis, empatou duas e perdeu as outras duas.

Golaços deixam tudo igual
Quem esperava um Santos mais ofensivo, principalmente pelo quarteto formado por Neymar, André, Ganso e Pato Rodríguez, se assustou com a pressão inicial do Palmeiras, que criou as primeiras três oportunidades. Aos 15, Corrêa arriscou de fora da área e a bola passou por cima do gol de Rafael. O mesmo aconteceu cinco minutos depois, quando Betinho soltou a bomba para fora.

A melhor oportunidade alviverde veio aos 21. Barcos invadiu a área, cortou um zagueiro e na saída de Rafael tocou para Mazinho. No entanto, Durval se antecipou ao atacante e desviou para escanteio. A resposta veio na sequência, no primeiro grande lance criado por Neymar. O atacante saiu do meio-campo fazendo fila e soltou a bomba na entrada da área. O chute passou raspando o travessão de Bruno.

Melhor em campo, o Palmeiras abriu o placar aos 40 minutos. Após boa troca de passes, a bola ficou com Corrêa, que dominou na entrada da área e bateu forte, sem chances para Rafael. O camisa 1 santista ainda se esticou todo, mas não conseguiu fazer a defesa. No entanto, a alegria alviverde durou pouco e o Peixe empatou quatro minutos depois. Neymar cobrou falta com perfeição, por cima da barreira e acertou o ângulo de Bruno. A bola ainda tocou na trave antes de entrar.

Craque decide
A etapa final começou bastante truncada, tanto que o árbitro mostrou dois cartões amarelos antes dos dez minutos, para Adriano e João Vitor. Aos quatro minutos, Corrêa invadiu a área e dividiu com Juan, caindo dentro da área. O volante do Palmeiras pediu pênalti, mas o árbitro mandou seguir. Na sequência, Corrêa cobrou falta fechada e a bola passou na frente de Rafael, faltando alguem para completar.

O Santos virou o placar em mais um lance de gênio de Neymar. O atacante recebeu de Ganso, dominou de fora da área e bateu rasteiro. A bola caprichosamente tocou na trave e entrou, sem chances para Bruno, que pulou um pouco atrasado. Na sequência, foi a vez de Arouca receber na entrada da área e tentar surpreender Bruno, mas dessa vez o chute saiu para fora.

Por muito pouco o Verdão não empata aos 23. Barcos recebeu na cara de Rafael, mas tirou muito do goleiro e a bola acabou saindo pela lateral. Depois disso, o jogo caiu um pouco de produção e o Santos segurava a bola esperando o apito final do árbitro. Já o Verdão encontrava muitas dificuldades para chegar ao gol de empate. Aos 43, Corrêa cruzou para a área e Barcos cabeceou colocado. Rafael fez uma defesa espetacular e salvou o Peixe.

Próximos jogos
Os dois times volta a campo na próxima quarta-feira, na abertura do returno do Brasileirão. O Palmeiras enfrenta a Portuguesa, às 20h30, no Estádio do Canindé, enquanto o Santos recebe o Bahia, às 19h30, na Vila Belmiro.

LIFE | esportes - Publicado 00:19 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *