MEC confirma Anhembi Morumbi para Medicina em São José

O Ministério da Educação (MEC) confirmou que Anhembi Morumbi vai instalar e manter a primeira faculdade de medicina de São José dos Campos. O resultado do edital que selecionou a instituição foi publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (27).

A nova faculdade oferecerá cem vagas. O termo de compromisso entre a instituição e o MEC será firmado até outubro. Depois disso, o prazo para que o curso comece a funcionar será de 3 a 18 meses.

“Acreditamos que no ano que vem já possa ser feito um vestibular, porque a Anhembi Morumbi é uma instituição de porte e muito bem estruturada”, explicou o prefeito Carlinhos Almeida, que em agosto esteve em Brasília, com representantes de 25 outros municípios, para solicitar ao MEC a continuidade da seleção da faculdade.

O processo seleção da instituição havia sido suspenso em outubro de 2015 pelo TCU (Tribunal de Contas da União). O edital foi liberado em julho após a análise de recursos.

Para o secretário de Saúde, Paulo Roitberg, a formação local de médicos favorece a fixação dos profissionais na cidade. “O médico formado na cidade começa desde a faculdade a frequentar as Unidades Básicas de Saúde, o Hospital Municipal e a rede de especialidades. Isso resultará certamente em mais qualidade no atendimento da população”, afirmou.

Secretário e prefeito destacaram ainda que a faculdade de medicina, em um polo tecnológico como São José, abrirá a possibilidade de pesquisas e criação de produtos aplicados à área de saúde.

A Prefeitura de São José mantém ainda tratativas com a EPM (Escola Paulista de Medicina) para instalação de uma faculdade pública de medicina na cidade.

Mais Médicos

A criação de novos cursos de medicina pelo MEC faz parte do programa Mais Médicos. Para São José dos Campos ser selecionada, a Prefeitura precisou comprovar o atendimento de critérios estabelecidos pelo Ministério: mais de cinco leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) por aluno; uma UBS (Unidade de Atenção Básica) para cada três alunos; e hospital para desenvolver atividades ligadas ao ensino de medicina.

Também foi apresentada ao MEC a documentação que demonstra a necessidade social da oferta do curso, o número de médicos por mil habitantes, a demanda para as vagas de graduação em medicina e o impacto esperado da ampliação do acesso à educação superior na região.

Outras exigências atendidas foram: contar com Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), dispor de vários programas de residência médica em especialidades prioritárias, como clínica médica, cirurgia, ginecologia-obstetrícia, pediatria e medicina de família e comunidade.

Além de atender todas as exigências, São José dos Campos recebeu a visitas de técnicos do Ministério da Educação, que vistoriaram as instalações e entrevistaram profissionais da rede de saúde municipal.

LIFE | saude - Publicado 12:26 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *