H1N1: campanha termina com 94% do público-alvo imunizado

Foram 178.014 vacinados em São José dos Campos

A vacinação contra o H1N1 em São José dos Campos atingiu, até esta quarta-feira (1º), 94,13% de cobertura do público-alvo estipulado pelo Ministério da Saúde. Foram vacinadas 178.014 pessoas, sendo 35.049 crianças de seis meses a menor de cinco anos (87,61%), 13.391 profissionais de saúde (65,77%), 4.800 gestantes (64,42%), 1.438 mães que deram à luz recentemente (117,39%), 70.273 idosos (110,96%) e 53.410 doentes crônicos.

A campanha terminou, oficialmente, nesta terça-feira (31). No entanto, enquanto o município tiver doses, as vacinas continuarão sendo aplicadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), que funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

“Toda a campanha de vacinação ocorreu de maneira muito tranquila nas unidades básicas. Agora, mesmo após o fim da campanha, manteremos as doses restantes nas unidades de saúde para continuarmos atendendo as pessoas que ainda procurarem. Mas, é bom deixar claro, que apenas quem estiver nos grupos de risco serão vacinados”, disse a coordenadora do programa de imunização da prefeitura, Cristina Alvarenga.

Doentes crônicos – Para o caso de pacientes com doenças crônicas é obrigatória a apresentação de uma solicitação médica, especificando o motivo da indicação, ou uma receita dos últimos seis meses com a medicação que utiliza.

Doentes crônicos que poderão receber a vacina:

Doença respiratória crônica

– Asma em uso de corticoides inalatório ou sistêmico (Moderada ou

Grave);

– DPOC;

– Bronquioectasia; (dilatação irreversível dos brônquios)

– Fibrose Cística;

– Doenças Intersticiais do pulmão;

– Displasia broncopulmonar;

– Hipertensão arterial Pulmonar;

– Crianças com doença pulmonar crônica da prematuridade.

Doença cardíaca crônica

– Doença cardíaca congênita;

– Hipertensão arterial sistêmica com comorbidade;

– Doença cardíaca isquêmica;

– Insuficiência cardíaca.

Doença renal crônica

– Insuficiência Renal Crônica Grave;

– Síndrome nefrótica;

– Paciente em diálise.

Doença hepática crônica

– Atresia biliar;

– Hepatites crônicas;

– Cirrose.

Doença neurológica crônica

– Condições em que a função respiratória pode estar comprometida pela doença neurológica

– Considerar as necessidades clínicas individuais dos pacientes incluindo: AVC, Indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla, e condições similares

– Doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular

– Deficiência neurológica grave

Diabetes

– Diabetes Mellitus tipo I e tipo II em uso de medicamentos

Imunossupressão

– Imunodeficiência congênita ou adquirida

– Imunossupressão por doenças ou medicamento

Obesos

-Obesidade grau III (IMC > 40 para adultos; IMC >= 25 para menores de 10 anos e IMC>= 35 de 10 a 18 anos)

Transplantados

– Órgãos sólidos

– Medula óssea

Portadores de Trissomias

– Síndrome de Down e outras Síndromes

 

LIFE | destaques - Publicado 13:16 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *