Mais duas escolas da zona sul recebem Escola Interativa

O Programa Escola Interativa chegou à 29ª unidade com a implantação em mais duas Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFS) na região sul de São José: Professora Maria de Melo, no Parque Industrial, e Professora Mercedes Carnevalli Klein, no Jardim Satélite.
F00029719gPara o prefeito, o investimento na Educação é uma das ações mais importantes. Ele desta que, por meio da Escola Interativa, os professores da rede têm acesso a ferramentas com as quais poderão melhorar o que já fazem bem, que é o ensino dos estudantes. “Com aulas mais atrativas, os alunos absorvem muito mais, aprendem se divertindo e podem se divertir aprendendo”, afirmou.
A aluna Yasmim Ramos, do 7º ano da EMEF Maria de Melo, confirmou a afirmação do prefeito: “Para nós alunos, termos uma tecnologia desse tipo em nossa escola é um auxílio muito bom, os professores conseguem deixar as aulas mais dinâmicas e prazerosas”, ressaltou.
Implantada nas escolas municipais desde julho de 2014, a Escola Interativa vem contribuindo decisivamente para um novo processo de aprendizagem que une tecnologia e pedagogia. A iniciativa tem capacitado profissionais de educação, modernizando e transformando toda a rede.
Programa reúne recursos tecnológicos
Com o Programa Escola Interativa, as salas de aula das escolas municipais são equipadas com os seguintes recursos tecnológicos: servidor, notebook do professor, tablet do aluno, projetor interativo integrado com os demais equipamentos e conteúdo virtual obtido por meio de acesso à internet (via wifi).
Nessa segunda etapa de implantação, a Escola Interativa tem um novo modelo, segundo a coordenadora do programa. “Os tablets ficam na escola para serem utilizados pelos alunos”, esclareceu.
O novo modelo será avaliado até o final do ano pela comunidade escolar e equipe pedagógica da Secretaria. “Fizemos uma pesquisa junto às mães, pais, alunos, professores e gestores das escolas que já vêm utilizando o programa. A maioria acredita que se os tablets ficarem nas escolas poderão contribuir para aprendizagens mais significativas e melhores resultados pedagógicos”, ressaltou a coordenadora.
Além das EMEFS, outras 72 escolas de Educação Infantil foram contempladas pelo programa. Neste caso, a Escola Interativa vem sendo implantada nas Salas de Leitura, deixando o aprendizado ainda mais interessante e contribuindo para a qualidade de ensino das crianças.
Até o final do ano, serão 46 EMEFS e 76 escolas de Educação Infantil beneficiadas pelo programa, permitindo o acesso tecnológico e preparando mais de 60 mil alunos para o futuro.
Como funciona o LEDI
Inaugurado pela Prefeitura em agosto de 2015, no bairro Floradas de São José, região sul da cidade, o Laboratório de Educação Digital e Interativa (LEDI) é um polo de cultura tecnológica voltada à comunidade escolar. Trata-se de um “centro de inteligência” do Programa Escola Interativa.
O LEDI funciona em parceria com renomadas instituições: Unifesp – Campus de São José dos Campos, Centro de Tecnologia da Informação (CTI) Renato Archer, de Campinas, Fundação Lemann e Parque Tecnológico.
No local, são realizadas atividades de Inclusão Digital, Educação Tecnológica e criação de conteúdo educativo digital, inclusive aplicativos e jogos instalados nos tablets. Mais de 2.500 pessoas foram beneficiadas com atividades ligadas ao aprendizado tecnológico.



LIFE | sul - Publicado 09:24 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *