Endividamento das famílias apresenta leve queda em setembro

Indicador vinha subindo desde janeiro, quando foi registrado patamar de 43,59%

O endividamento das famílias com o sistema financeiro caiu em setembro, segundo dados divulgados hoje (28) pelo Banco Central (BC). Em setembro, a dívida total das famílias equivalia a 45,31% da renda acumulada nos últimos 12 meses. Em agosto, o resultado havia ficado em 45,36%. O indicador vinha subindo desde janeiro, quando foi registrado patamar de 43,59%. Ao se retirar desse indicador o endividamento com financiamento imobiliário, o percentual ficou em 30,22%, também com redução em relação a agosto (30,38%).

Para o chefe do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel, o crescimento do endividamento das famílias é sustentável. Ele reforçou a análise de que o endividamento cresce devido à aquisição de um ativo para as famílias – a casa própria. “Uma avaliação crucial é observar que isso decorre fundamentalmente do crédito imobiliário. O comprometimento de renda, tirando o financiamento imobiliário, já se estabilizou há algum tempo e mostra, na margem, tendência de recuo”, disse.

Os dados do BC também mostram que a parcela da renda mensal familiar comprometida com as prestações chegou a 21,45%, em setembro, resultado estável em relação a agosto, de acordo com dados ajustados para o período. A parcela da renda usada, em setembro, para pagamento de juros ficou em 8,79%, ante 8,71% em agosto.

 

LIFE | economia - Publicado 13:34 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *