Em jogo lastimável, Palmeiras e Bragantino não saem do zero no Pacaembu!


Faltou futebol; sem criatividade e técnica, Palmeiras para na retranca do Braga, que jogou para empatar. Barcos desperdiçou pênalti no segundo tempo. 2013 com toda cara de 2012!

O ano mudou, mas a má fase continua. Neste domingo, o Palmeiras recebeu o Bragantino no Estádio do Pacaembu e empatou sem gols na estreia do Campeonato Paulista. O time alviverde encontrou muitas dificuldades para furar a retranca adversária. Quando conseguiu, acertou duas vezes a trave. Em uma delas, o argentino Barcos desperdiçou pênalti. O resultado não agradou a torcida que foi apoiar o Verdão.

Agora, todas as atenções do Palmeiras estão voltadas para a eleição presidencial, que será realizada na próxima segunda-feira. Décio Perin e Paulo Nobre são os candidatos, enquanto Arnaldo Tirone já avisou que não irá tentar a reeleição. Outro assunto que ganha cada vez mais força é a transferência de Riquelme. As partes estão apalavradas e o atual mandatário pode confirmar sua contratação a qualquer momento.

Verdão esbarra na retranca
Apoiado pela torcida, o Palmeiras começou em cima do Bragantino e criou duas chances logo no início. Aos nove, Barcos ficou com a sobra, girou e bateu para fora. Três minutos depois, Souza arriscou de longa distância e mandou por cima do gol de Rodrigo Defendi. Com três zagueiros, o time alvinegro se preocupava apenas em se defender, tentando levar perigo nos contra-ataques.

Souza bateu firme de fora da área, mas dessa vez a bola passou raspando a trave de Defendi, levantando a torcida alviverde no Pacaembu. O volante seguia sendo a principal arma do Verdão e levou perigo novamente aos 18 em cobrança de falta. Ninguém desviou e o goleiro do Braga defendeu no reflexo. Tentando pressionar o adversário, o Palmeiras marcava a saída de bola.

Depois de começar em cima, o Verdão diminuiu o ritmo e encontrava dificuldades para furar o bloqueio do Bragantino, que seguia apostando nos contra-ataques. Aos 37, Malaquias tentou lançar Lincom, que ia sair na cara de Fernando Prass, mas a bola foi muito forte e saiu pela linha de fundo. Na sequência, o atacante invadiu a área e o camisa 1 alviverde saiu antes do chute.

Trave garante empate
O Palmeiras voltou do intervalo com tudo e teve a melhor chance para abrir o placar aos 12 minutos. Souza fez grande jogada, invadiu a área e foi derrubado pelo goleiro Rafael Defendi. O árbitro assinalou pênalti, desperdiçado pelo argentino Barcos, que acertou a trave. Logo depois, Patrick Vieira soltou a bomba e a bola passou raspando o gol.

Como encontrava dificuldades para furar o bloqueio do Bragantino, o Palmeiras arriscava chutes de longa distância e apostava também na bola parada. Aos 25, Souza cobrou falta e mandou por cima. O técnico Gilson Kleina promoveu as entradas de Mazinho e Maikon Leite nos lugares de Luan e Patrick Vieira, respectivamente, para dar mais velocidade ao time.

Aos 30 minutos, a zaga do Bragantino afastou mal cruzamento e a bola sobrou para Mazinho, que dominou e bateu na trave. O Verdão tentava de todas as formas oferecer perigo ao goleiro Rafael Defendi, mas sem sucesso. No fim, Léo Jaime puxou contra-ataque e na hora da finalização foi travado por Maurício Ramos.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo na próxima quarta-feira, pela segunda rodada do Paulistão. O Palmeiras enfrenta o Oeste, às 22 horas, no Estádio dos Amaros, em Itápolis. Já o Bragantino recebe o Linense, às 19h30, no Estádio Nabi Abi Chedid.

 


LIFE | esportes - Publicado 18:41 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *