Em jogo de péssimo nível técnico, Palmeiras bate Millonarios por 3 a 1!

Verdão abriu o placar no começo do jogo com Obina; Tiago Real ampliou, limitado Arthur fez contra e Luan aproveitou falha infantil da zaga para definir o placar no Pacaembu. Time colombiano é fraquíssimo!

A fragilidade do Millonarios, time que levou de oito dos reservas do Real Madrid em amistoso na semana passada, permitiu ao Palmeiras poupar parte dos seus titulares nesta terça-feira, no Pacaembu. Sem dificuldades, a equipe paulista abriu dois gols, mas levou pressão, viu Bruno salvar. No fim, acabou beneficiada por um erro bizarro da zaga colombiana. Saiu com uma boa vitória por 3 a 1, em jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

O resultado garante ao Palmeiras jogar no dia 23, na Colômbia, podendo perder por até um gol de diferença que mesmo assim avança para as quartas de final. No sábado, o Palmeiras joga pelo Brasileirão contra o São Paulo, no Morumbi. Maikon Leite, que saiu de campo machucado nesta terça, virou dúvida para o clássico.

Primeiro tempo
Preocupado em escapar do rebaixamento, o técnico Gilson Kleina resolveu escalar um time misto nesta terça-feira. Poupou Thiago Heleno, Marcos Assunção e Valdivia. Além dos três, também não escalou Barcos, que está com a seleção argentina

Mas a equipe do Millonarios é tão fraca que o time misto do Palmeiras era suficiente. Sem Marcos Assunção, quem cobrava faltas erra Correa. Aos 6 minutos, por exemplo, ele bateu direto para o gol e o Delgado tirou de soco. No rebote, Daniel Carvalho quase fez.

Não demorou para sair o gol. Aos 12 minutos, Daniel Carvalho fez o que dele se espera e deu ótimo passe para Obina, que recebeu livre na área e bateu com tranquilidade, tirando do goleiro, para fazer 1 a 0.

Só dava Palmeiras, mas o time não parecia muito empolgado com a possibilidade de golear. Dentro do volume de jogo imposto pelos brasileiros, as chances de gol acabaram sendo poucas. Artur, de cabeça, e Luan, num chute de fora, foram os únicos que fizeram o goleiro Delgado trabalhar no primeiro tempo.

Segundo tempo
Vendo que a equipe poderia fazer mais, Gilson Kleina trocou o volante Márcio Araújo pelo meia Tiago Real e a substituição acabou sendo precisa. Aos 9 minutos, Luan fez a jogada pela esquerda, rolou para o meio e Tiago estava lá para bater bonito e ampliar.

O problema é que depois disso o Palmeiras se acomodou. Não fosse o goleiro Bruno, o Millonarios tinha conseguido virar. Em questão de quatro minutos foram três defesas difíceis, as duas primeiras com Otálvaro, outra dom Perlaza, sempre em chutes colocados.

Aos 40, não tinha o que Bruno fazer. Cosme fez jogada pela esquerda, passou por Maurício Ramos e tocou para trás. Artur tentou cortar e fez contra. Quando teve a chance de ampliar, Juninho limpou o zagueiro, ficou sozinho com o goleiro, e chutou em cima dele.

Menos mal que o Millonarios não tem mais o mesmo time que fez fama na década de 1970. Aos 43, Franco foi recuar bola para o goleiro sem olhar. Deu nos pés de Luan, que driblou facilmente Delgado e empurrou para o gol vazio. A vitória ainda poderia ter virado goleada, se Henrique não perdesse chance na cara do gol.

 

 

LIFE | esportes - Publicado 12:01 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *