Economia: Faturamento do Varejo do Dia das Crianças cresce 16,5%

Vendas físicas avançaram 15,8% e e-commerce 21,8%

Foto: Agência Brasil

As vendas do comércio do Dia das Crianças, segundo o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA), cresceram 16,5% em comparação com a mesma data do ano passado. O faturamento no universo físico subiu 15,8%; enquanto o e-commerce experimentou expansão de 21,8%.

Os setores que apresentaram as maiores altas foram: Alimentação – Bares e Restaurantes (20,2%), Vestuário (15,6%), Livrarias, Papelarias e Afins (10,6%), Móveis, Eletro e Departamentos (5,9%). O segmento de brinquedos registrou queda de 0,7% nas vendas.

“Os setores de serviços são os destaques. A comparação é benéfica para 2021 porque hoje há menos restrições ao funcionamento desses segmentos do que havia no ano passado. A alta apurada no Dia das Crianças segue a tendência verificada nos resultados mensais do ICVA”, afirma Pedro Lippi, Head de Inteligência da Cielo.

Santa Catarina (+27,4%), Bahia (19,9%), Rio de Janeiro (18,3%), Rio Grande do Sul (16,9%), Distrito Federal (15,6%), Goiás (15,4%) e São Paulo (15,2%) foram os locais onde o faturamento do comércio mais cresceu.

SOBRE O ICVA

O Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA) acompanha mensalmente a evolução do varejo brasileiro, de acordo com as vendas realizadas em 18 setores mapeados pela Cielo, desde pequenos lojistas a grandes varejistas.

Eles respondem por 1,3 milhão de varejistas credenciados à companhia. O peso de cada setor no resultado geral do indicador é definido pelo seu desempenho no mês.

O ICVA foi desenvolvido pela área de Inteligência da Cielo com o objetivo de oferecer mensalmente uma fotografia do comércio varejista do país a partir de informações reais.

Como é calculado

A unidade de Inteligência da Cielo desenvolveu modelos matemáticos e estatísticos que foram aplicados à base da companhia com o objetivo de isolar os efeitos do comportamento competitivo do mercado de credenciamento – como a variação de market share – e os da substituição de cheque e dinheiro no consumo.

Dessa forma, o indicador não reflete somente a atividade do comércio pelo movimento com cartões, mas, sim, a real dinâmica de consumo no ponto de venda.

Esse índice não é de forma alguma a prévia dos resultados da Cielo, que é impactado por uma série de outras alavancas, tanto de receitas quanto de custos e despesas.

 

 

LIFE | cotidiano - Publicado 15:56 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *