Duplicação da Tamoios revela sítio arqueológico em Paraibuna


Local será preservado para pesquisa, informa estado. Segundo arqueólogos, na área viveu uma grande comunidade de índios do grupo Aratu

Prevista para ser concluída em dezembro, a obra de duplicação do trecho de planalto da Rodovia dos Tamoios (SP-99) rendeu uma descoberta histórica que já é alvo de pesquisa entre especialistas e estudantes. Um sítio arqueológico que ocupa uma área de cinco mil metros quadrados foi encontrado nas margens da rodovia, na beira da represa de Paraibuna. O espaço conta ainda com uma urna funerária.
Para quem é leigo, as relíquias encontradas mais parecem pedras soltas pelo terreno, mas são peças indígenas que retratam um período histórico, anterior à colonização do Brasil. O sítio, que foi descoberto durante o levantamento de impacto ambiental da duplicação, vem sendo visitado por estudantes, curiosos e especialistas.
Segundo os arqueólogos, na área do sítio viveu uma grande comunidade de índios do grupo Aratu, o que era raro em uma região dominada pelos tupi-guaranis. Os pesquisadores estimam que os índios tenham vivido nessa região por volta do ano 1400, antes da colonização e pela quantidade de peças, era um grupo grande, de centenas de pessoas.
Parte do sítio arqueológico está em uma área da distribuidora de energia Light e outra da prefeitura. O local deve ser preservado para pesquisa.


LIFE | cotidiano - Publicado 06:14 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *