Depressão Infantil


Usamos muitas vezes a depressão como sinônimo de tristeza, mas ela é bem mais que isso, é uma doença grave que deve ser tratada, uma vez que interfere no dia a dia das pessoas de forma significativa e pode trazer muitas consequências ruins.

Em adultos é fácil diagnosticar a depressão, normalmente eles mesmos perce-bem os sintomas, já as crianças não sabem identificar, por isso é importante que os pais fiquem atentos.

Segundo o Instituto Nacional dos EUA alguns sinais de depressão infanto-juvenil são:

· A criança ou adolescente não faz nada ou reclama de não ter o que fazer;

· Não tem interesse por nada;

· Muda qualidade do sono: tem insônia ou mais sono do que de costume;

· Alterações de apetite: emagrece ou engorda demais;

· Falta de atenção e dificuldades de aprendizagem;

· Fica mais quieta do que o normal;

· Está sempre irritada, mal-humorada e briga mais do que de costume;

· Nunca demonstra que está bem: está sempre com dor de barriga ou de cabeça, por exemplo, pois sintomas físicos são mais fáceis de serem explicados por elas;

· Autoestima baixa: acha que é culpada por muitas coisas ruins que acontecem;

· Medos excessivos;

· Ansiedade de separação: quer sempre estar perto dos pais ou de pessoas em que confie.

A depressão infantil deve ser tratada o mais rápido possível, pois é muito grave, por isso não ignorem os sintomas, fiquem sempre atentos às pistas que as crianças dão e busquem ajuda profissional.
Fontes utilizadas: Ministério da Educação www.drauziovarella.com.br

Paula Goldman
CRP 06/81023
tel. 12 3033.6303 / 8185.2223

 


LIFE | artigos - Publicado 06:58 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *