Denúncia contra Carlinhos é rejeitada por 11 a 10

Para ser aprovado, documento precisaria ter 14 votos favoráveis dos vereadores

(Foto: Flávio Pereira/CMSJC)
(Foto: Flávio Pereira/CMSJC)

A denúncia (557/2016) contra o prefeito Carlinhos Almeida, de autoria do Movimento Brasil Livre (MBL), foi rejeitada pelos vereadores com 11 votos contrários. Para ser aprovada, a representação deveria ter um total de 14 votos favoráveis, ou seja, dois terços do total de vereadores.

O texto retornou para votação nesta quinta após a sessão tumultuada da última terça-feira. Na ocasião, manifestantes contrários e favoráveis ao atual governo entraram em confronto nas galerias do plenário. O presidente da Câmara, vereador Shakespeare Carvalho (PRB), optou pelo encerramento da sessão para “proteger a integridade próprios munícipes e dos funcionários”.

Segundo o texto do MBL, protocolado na última sexta-feira (17), Carlinhos cometeu infração político-administrativa ao atrasar repasses ao IPSM (Instituto de Previdência do Servidor Municipal). A denúncia pedia a cassação do mandato do atual prefeito.

LIFE | politica - Publicado 00:21 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

2 thoughts on “Denúncia contra Carlinhos é rejeitada por 11 a 10

  1. José Benedito disse:

    O PSDB não pode entrar em desespero fazendo esse tipo de molecagem, ainda mais se escondendo atrás do tal MBL. Se atraso de repasse ao Instituto de Previdência fosse motivo de cassação Emanuel teria sido cassado duas vezes. E foi muito pior porque devolveu o dinheiro em parcelas dívidas em muitos anos. E olha que da última vez levou 1 ano depois do atraso pra assumir a dívida e fazer um parcelamento longuíssimo (vai até 2025!) e nem por isso alguém pediu sua cassação

    • Thiago disse:

      O MBL não tem nada com o PSDB, sua besta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *