Deic cumpre quatro mandados de prisão durante operação Gênesis; Dois na zona oeste de São José

A Polícia Civil, por meio da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de São José dos Campos, realizou ao longo desta quinta-feira (23), uma operação para cumprimento de 24 mandados de prisão e de busca e apreensão contra integrantes de uma organização criminosa voltada ao tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. Quatro destes mandados eram de prisão.

A ação é desdobramento de uma investigação iniciada em fevereiro, coordenada pelo Seccold – Setor de Combate ao Crime Organizado e Lavagem de Dinheiro. As ordens judiciais foram cumpridas nas cidades de São José dos Campos, Caçapava e nos municípios de Santo André e Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo.

Do total de presos, três foram capturados nesta operação, um em São José dos Campos(que atuava no ramo imobiliário no jardim Aquarius), outro em Jacareí e o terceiro em Guarulhos.

O quarto mandado de prisão foi cumprido contra um homem que já estava detido em Bangu, no Rio de Janeiro, preso há um mês. Ele ocupa cargo de destaque junto à organização criminosa, integrando a denominada “sintonia fina”, sendo a pessoa responsável pela articulação e negociação de venda de drogas e alianças com diversas outras organizações criminosas independentes e em atuação em vários Estados da Federação. O traficante morava no Jardim Aquarius, tinha construtora, imobiliária, vários imóveis na cidade e região e passeava de carro conversível avaliado em R$ 300 mil.

Segundo a Polícia Civil, como o homem já possuía condenação anterior por tráfico de drogas em Guarulhos e já era procurado, adquiriu novos documentos e assumiu nova identidade, apresentando-se como empresário do ramo da construção civil em São José e várias cidades do Vale. Os negócios permitiam a integração dos valores provenientes do tráfico, inserindo-os na economia formal, “O investigado também se valia da estrutura de imobiliárias para a lavagem do dinheiro do tráfico de drogas, adquirindo imóveis e estabelecendo sociedade com o proprietário. Além das prisões, diligências de campo realizadas nas cidades de Caçapava, Caraguatatuba e Santo André ainda permitiram o cumprimento de 20 mandados de busca”.

A Polícia Civil estima em 24 milhões toda fortuna arrecadada pelo tráfico. Ele comprava áreas de traficantes e pagava R$ 800 mil à vista, dominando principalmente a zona leste de São José dos Campos.

Durante a execução das ordens judiciais, foram apreendidos cerca de 30 aparelhos celulares e ao menos cinco computadores, além de vasta documentação com anotações do grupo sobre a movimentação financeira e contabilidade do crime. Os materiais foram encaminhados para análise pericial e auxiliarão nas próximas etapas da investigação, que pode apontar mais de 24 milhões com toda esta rede de tráfico.

LIFE | cotidiano - Publicado 23:45 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

3 thoughts on “Deic cumpre quatro mandados de prisão durante operação Gênesis; Dois na zona oeste de São José

  1. Georges C. Costaridis disse:

    E dizem que o crime não compensa…carros luxuosos, morando em área nobre da cidade…e já já um magnânimo do STF acha uma entrelinha.

  2. José Moraes disse:

    Só faltou dar nomes dos envolvidos e das empresas de fachada.
    Isso ajudaria ao público honesto a não procurar estes estabelecimentos na hora de comprar ou vender um imóvel, sem correr o risco de cair em alguma armadilha…

    • Tom disse:

      Verdade cadê o nome da imobiliária, construtora rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *