Com 15 modalidades, São José sediará Surdolimpíada 2021

Evento é voltado aos surdoatletas brasileiros, vindos de estados diferentes do país, filiados às federações estaduais de desportos de surdos

Foto: PMSJC

São José dos Campos vai sediar entre os dias 4 e 7 de dezembro a Surdolimpíada Nacional 2021, promovida pela Confederação Brasileira de Desportos de Surdos.

Nesta segunda-feira (23), dirigentes da confederação farão uma visita técnica para conhecer os locais e equipamentos que serão disponibilizados para as competições.

O evento é voltado para os surdoatletas brasileiros, vindos de estados diferentes do país, filiados às federações estaduais de desportos de surdos.

A competição terá 15 modalidades previstas em disputa (atletismo, badminton, basquete, ciclismo de estrada, handebol, judô, karatê, mountain bike, natação, taekwondo, tênis de mesa, orientação, vôlei, vôlei de praia e xadrez), reunindo cerca de 700 atletas e 100 membros de comissões técnicas.

Esse evento será o preparativo para a convocação final das seleções brasileiras para Deaflympics, que acontecerá no Brasil em 2022. Além da prefeitura, o evento tem o apoio Secretaria Especial do Esporte, através da Secretaria Nacional do Paradesporto e da Secretaria Nacional de Alto Rendimento.

Inclusão

Com 36 anos de existência, a confederação conta com cinco mil atletas filiados, vários profissionais que atuam nas comissões técnicas das Seleções, além de 120 entidades filiadas em todo o país, com forte atuação na inclusão social das pessoas surdas por meio do esporte.

A surdez em si não implica em restrições à prática de atividade física e não existem esportes mais ou menos adequados para surdos. Entretanto, as limitações linguísticas e comunicacionais podem dificultar a compreensão e o relacionamento, interferindo na aprendizagem e no comportamento do indivíduo. A prática esportiva é uma forma de melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência.

Através do esporte, surdos podem demonstrar sua capacidade à sociedade, fortalecer sua autoestima, entre outros inúmeros benefícios, contribuindo com a inclusão social.

No Brasil existem quase 10,7 milhões de deficientes auditivos, segundo o último censo. Ser surdoatleta é uma atividade que exige talento, dedicação e muito treino. Muitos surdos encontram no esporte uma forma de melhorar sua condição de vida e conseguir reconhecimento da sociedade

LIFE | cotidiano - Publicado 17:10 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *