Centro Life: Morte de cachorro durante incursão policial no Banhado revolta moradores da comunidade

Segundo Policia Militar, homens da Corporação perseguiam suspeitos quando foram atacados pelo animal – que acabou levando um tiro e morrendo. Submetralhadora foi apreendida na operação

Foto: Reprodução vídeo Facebook

Moradores do Banhado, na região central de São José dos Campos, ficaram revoltados com a morte de um cachorro durante incursão policial na comunidade na noite de quinta, 7. Segundo a Polícia Militar, homens da Corporação perseguiam suspeitos quando foram atacados pelo animal – que acabou levando um tiro e morrendo no local. Uma submetralhadora calibre 9mm foi apreendida na operação, além de 14 munições.

Os suspeitos conseguiram fugir pelo mato após abandonarem o armamento e as munições. Após atirarem contra o cachorro, segundo a PM, os agentes se retiraram do local devido à aglomeração de pessoas, com o objetivo de preservar a integridade física dos policiais.

LIFE | centro - Publicado 12:40 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

4 thoughts on “Centro Life: Morte de cachorro durante incursão policial no Banhado revolta moradores da comunidade

  1. José Maria Paranhos disse:

    É uma inversão de valores mesmo… Em vez da repulsa pelos bandidos armados com metralhadora, fugindo da polícia, não, prefere-se elevar a questão do canídeo desafortunado. Por quê não se levantarem contra a grossa presença de traficantes e ladrões no bairro?

    • Bruno disse:

      Idiota bolsominion

      • Rubens disse:

        VC, Bruno, defensor de bandidos?

  2. Rubens disse:

    Cães muitas das vezes são usados por marginais ou para avisar ou para atacar policiais durante suas incursões. Portanto, … ossos do ofício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *