Campanha de vacinação contra Influenza começa neste sábado


Público-alvo em SJC é de 132.376 pessoas

A Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza (gripe H1N1) começa neste sábado (30). O público-alvo em São José dos Campos é de 132.376 pessoas e a meta do Ministério da Saúde é vacinar 80% desta população, considerada de risco para complicações por gripe. Além das crianças de seis meses a menores de 5 anos, integram este grupo idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores de saúde, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto).

Nesta semana, a Secretaria da Saúde recebeu um comunicado, assinado pela diretora técnica da Divisão de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde, Keico Sato, orientando que os municípios escalonassem a vacinação para os grupos de risco.

Sendo assim, apenas a crianças, trabalhadores da saúde, gestantes e puérperas receberiam a vacina a partir deste sábado, dia 30. Para os idosos, a vacinação começaria apenas no dia 9 de maio e, para as pessoas com doenças crônicas, só a partir de 16 de maio.

No entanto, o secretário da Saúde definiu que em São José a vacinação começará para todos os grupos de risco no mesmo dia: 30 de abril. Apenas os portadores de doenças crônicas serão vacinados a partir do dia 16.

“Achamos injusto barrar justamente os idosos dessa primeira fase da vacinação, por isso, não vamos seguir a recomendação do Estado. Ainda não sabemos quantas doses nossa cidade irá receber para iniciar a campanha, mas as doses que chegarem serão aplicadas em todos do grupo de risco que procurarem o serviço”, disse.

Segundo estimativas do Estado, São José dos Campos tem 40.007 crianças de seis meses a 5 anos, 20.361 trabalhadores de Saúde, 11.422 gestantes, 1.225 puérperas e 63.332 idosos. No sábado (30), as vacinas estarão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), das 8h às 17h.

Vacina – A influenza é uma doença respiratória causada pelo vírus tipo A e a vacina tem poucas contraindicações. Pacientes em estado febril grave não devem tomar a vacina, assim como pessoas que apresentaram reações anafiláticas após ingestão de ovo, em doses de vacinas anteriores ou a qualquer componente da vacina. Ela pode ser aplicada simultaneamente com qualquer medicamento ou outro tipo de vacina. Vale ressaltar que a vacina contra Influenza não dá gripe nem provoca eventos adversos graves.

O período de incubação da influenza varia em média de 1 a 4 dias, porém, pode chegar a 7 dias. O período de transmissão em adultos ocorre entre 24 horas antes do início dos sintomas e dura até 3 dias após o final da febre, o que em média é um período de 7 dias no total. Nas crianças, o período de transmissão é mais longo, podendo durar até 10 a 14 dias.

Doentes crônicos – Para os doentes crônicos a vacinação não começará neste sábado. Estará liberada somente a partir do dia 16 de maio, seguindo a recomendação do Estado.

Para receber a dose, é imprescindível levar uma solicitação médica que especifique o problema de saúde, que deve estar entre as doenças elegíveis para tomar a vacina. Também pode ser apresentada a última receita médica com a prescrição de medicamentos de uso contínuo que comprove o problema de saúde.

Doenças crônicas e condições clínicas com indicação da vacina:

Doença respiratória crônica

– Asma em uso de corticoides inalatório ou sistêmico (Moderada ou

Grave);

– DPOC;

– Bronquioectasia; (dilatação irreversível dos brônquios)

– Fibrose Cística;

– Doenças Intersticiais do pulmão;

– Displasia broncopulmonar;

– Hipertensão arterial Pulmonar;

– Crianças com doença pulmonar crônica da prematuridade.

Doença cardíaca crônica

– Doença cardíaca congênita;

– Hipertensão arterial sistêmica com comorbidade;

– Doença cardíaca isquêmica;

– Insuficiência cardíaca.

Doença renal crônica

– Insuficiência Renal Crônica Grave;

– Síndrome nefrótica;

– Paciente em diálise.

Doença hepática crônica

– Atresia biliar;

– Hepatites crônicas;

– Cirrose.

Doença neurológica crônica

– Condições em que a função respiratória pode estar comprometida pela doença neurológica;

– Considerar as necessidades clínicas individuais dos pacientes incluindo: AVC, Indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla, e condições similares;

– Doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular;

– Deficiência neurológica grave.

Diabetes

– Diabetes Mellitus tipo I e tipo II em uso de medicamentos.

Imunossupressão

– Imunodeficiência congênita ou adquirida;

– Imunossupressão por doenças ou medicamentos.

Obesos

– Obesidade grau III (IMC > 40 para adultos; IMC >= 25 para menores de 10 anos e IMC>= 35 de 10 a 18 anos);

Transplantados

– Órgãos sólidos;

– Medula óssea;

– Portadores de Trissomias: Síndrome de Down e outras Síndromes.


LIFE | destaques - Publicado 12:56 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *