Bosque e Satélite são os bairros com maiores casos de covid-19, veja a lista!

Com 2750 casos positivos de covid-19 os bairros Bosque, Satélite, Aquarius, Morumbi e Urbanova lideram a lista

Secretaria de Saúde divulgou nesta sexta-feira(26), 2750 casos positivos de covid-19 em São José dos Campos, com 87 óbitos confirmados, 1578 pacientes recuperados, 51 internados e 1034 recuperando-se em casa. O Boletim epidemiológico aponta uma incidência maior de casos positivos entre os homens (50,5%). Já a faixa etária predominante é entre 31 a 40 anos, com 823 casos.

Os bairros com maior incidência de casos positivos são o Bosque dos Eucaliptos (117 casos), Jardim Satélite (105), Jardim Aquarius (104), Jardim Morumbi (86), Urbanova (77), Campo dos Alemães (77), Jardim das Indústrias (76), Parque Industrial (63), Monte Castelo (57) e Vila Industrial (57).

O informe traz também o número de pessoas com testes já realizados. No total, são 11521 pacientes testados, com 7068 resultados negativos, 2750 positivos e 1703 aguardando confirmação laboratorial.

Segundo a prefeitura, as unidades básicas de saúde estão fazendo o monitoramento dos pacientes com síndrome gripal. No momento, 268 pacientes estão em acompanhamento por profissionais das UBS’s. Desde o início da pandemia, 3002 pacientes foram monitorados.

LIFE | cotidiano - Publicado 17:21 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

3 thoughts on “Bosque e Satélite são os bairros com maiores casos de covid-19, veja a lista!

  1. Leandro Lima disse:

    Se não ajustar per capita, o nímero não significa nada.

  2. Irineu Silva disse:

    Triste ver pessoas dizendo que vidas não significam nada.

    • Leandro Lima disse:

      Não foi o que eu disse. Disse que é preciso dividir pelo número de pessoas que vivem no bairro para entender quão difundido o vírus está lá. 10 casos numa população de 100 pessoas é completamente diferente de 10 casos numa população de 10.000 pessoas. É uma questão técnica, não se pode tratar um problema tão importante de forma superficial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *