Alcoolismo, um mal que destrói famílias!


Problemas com o álcool são rotineiros e estão presentes em todas as classes sociais.

 

O alcoolismo é o conjunto dos problemas relacionado ao consumo excessivo e prolongado do álcool. A medicina o define como um vício de ingestão incontrolável, que acarreta em graves conseqüências. Dentro do alcoolismo, existe a abstinência, o abuso e a intoxicação, que resultam em agravantes como alucinação, delírio, mau-humor, distúrbios de ansiedade e sono, impotência sexual e síndromes de amnésia. A tolerância e a dependência ao álcool são dois eventos distintos e indissociáveis. A tolerância é a necessidade de doses maiores de álcool para a manutenção do efeito de embriaguez obtido nas primeiras doses. Já a dependência ocorre quando o indivíduo não tem mais forças para interromper ou diminuir o uso do álcool. O alcoolismo, como qualquer diagnóstico psiquiátrico, é estigmatizante. Fazer com que uma pessoa reconheça o próprio estado de dependência alcoólica, é exigir dela uma forte quebra da auto-imagem e conseqüentemente da auto-estima. Com a auto-estima enfraquecida a pessoa já não tem a mesma disposição para viver e, portanto, lutar contra a própria doença. É uma situação paradoxal para a qual não se obteve uma solução satisfatória e que dependerá da habilidade de cada psiquiatra. O tratamento é baseado na utilização de três medicamentos principais: naltrexona, que bloqueia o prazer proporcionado pelo álcool, acamprosato, que atua contra a abstinência e a ondansetrona, que inibe o retorno positivo. Entre diversas possibilidades e teorias, o mais coerente para se manter afastado do mal do álcool é ser consciente e saber a hora certa de parar de beber, tanto na questão da quantidade como na intensidade. Confira abaixo 24 sinais de uma pessoa que enfrenta problemas com o álcool. Caso a resposta seja positiva em cinco ou mais questões, o ideal é procurar orientação médica.

1 – Após beber, você já notou um aumento nos batimentos cardíacos ou palpitação no peito?

 2 – Ao falar com outras pessoas, você não consegue estimar o quanto realmente já consumiu de álcool?

 3 – O álcool faz você ficar sonolento a ponto de dormir frequentemente em qualquer lugar?

 4 – Após algumas doses, às vezes você perde o apetite?

 5 – Tomar algumas doses ajuda a diminuir sua agitação ou tremores?

 6 – O álcool às vezes dificulta a lembrança de fatos recentes?

 7 – Você segue alguma regra, como nunca beber antes de uma certa hora do dia?

 8 – Você perdeu o interesse em hobbies ou atividades que costumava realizar?

 9 – De manhã, ao levantar, você já teve problemas para lembrar de momentos da noite passada?

 10 – Beber um pouco ajuda você a dormir?

 11 – Você esconde bebidas de seus familiares?

 12 – Após uma reunião social, você já se sentiu embaraçado por ter bebido demais?

 13 – Você já ficou preocupado pelo fato do álcool ser prejudicial à sua saúde?

 14 – Você gosta de terminar a noite com uma dose de álcool?

 15 – Você percebeu um aumento no consumo de bebidas após a morte de algum familiar ou ente querido?

 16 – Em geral, você prefere tomar algumas doses em casa a sair para algum evento social?

 17 – Você está bebendo mais agora que no passado?

 18 – Você costuma beber para relaxar ou acalmar os nervos?

 19 – Você bebe para manter sua mente livre dos problemas?

 20 – Você já aumentou o consumo de álcool após uma experiência de perda em sua vida?

 21 – Às vezes você dirige após ter bebido demais?

 22 – Alguma vez um médico ou enfermeira já disse estar preocupado com o seu consumo de álcool?

 23 – Você já fez regras para controlar seu consumo de álcool?

 24 – Ao sentir-se sozinho, você bebe para aliviar-se?


LIFE | saude - Publicado 14:28 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

6 thoughts on “Alcoolismo, um mal que destrói famílias!

  1. adr disse:

    meu marido se encaixa em 10 desses itens , não sei mas o q fazer e ele não adimite

  2. Jefferson disse:

    Dez resposta foi sim

  3. Dino César Costa dos Santos disse:

    Eu preciso de ajuda estou perdendo a minha família é tudo que me resta é tudo que tenho

  4. Daniela disse:

    Meu marido bebê a anos , todos os dias , já está com problemas no fígado toma remédios mais sempre bebe . Não estou suportando mais a situação é como se eu não estivesse em casa , é horrível e com o filho a mesma coisa não dá importância nenhuma . Sofri muito com isso só levanto todos os dias pelo meu filho

  5. Regiane Gomes disse:

    Eu perdi um tio por causa do Álcool,cresci vendo o irmão dele,meu pai, fazendo festas com os amigos e bebendo cachaça e tocando violão,até aí era uma criança,as vezes era tudo alegria,mas nas outras no final era discussão em casa por causa do estado que meu pai ficava,somos uma família de seis irmãos,e a maioria toca violão,e todas as tocadas tem bebida alcoólatra,meu irmão depois do mais velho começou a beber muito cedo,jogava bola,e era muito viu,futsal ele era um craque,e bonito demais,lembro das meninas brigando na rua por causa dele,bebia por causa de um jogo ganhado,bebia com os amigos,com as namoradas,e por fim agora bebi porque já não consegue mais viver sem beber,meu pai que foi quem sempre trouxe bebida pra casa,já não mora conosco,se separou de minha mãe que não aguentava mais 😢,eu também bebo,mas não como eles,também tive que me separar do meu marido por causa do Álcool,a gente tinha uma vida muito boa,ele é uma pessoa muito boa,mas a bebida o transformava,chegou um ponto que os amigos não chamava mais a gente pra casa deles por causa do estado que ele ficava,hj olho pra minha vida e vejo o quanto o álcool tem o poder de destruir famílias,e estamos na luta pra internar o meu irmão que vive numa situação completamente lamentável,e vejo minha mãe que não bebi e nunca nus ensinou a beber, chorando e sofrendo pelos cantos… realmente é só Deus agora pra nus ajudar a ter força pra que nosso irmão volte a ter a auto_estima, coragem,força e o brilho no olhar que o álcool tirou dele.

  6. Francisco pacífico rocha disse:

    Não existe formula milagrosa. A superação depende de cada alcoólatra se conscientizar com o terrível problema do alcoolismo e se amar. A família se sente impotente e não pode fazer nada. É uma decisão impar que somente o alcoólatra pode tomar. Me recuperei deste terrível mal tem mais de 20 anos e retomei a minha vida social e os meus projetos que estavam paralisados por causa do vicio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *